Contactos
Oleiros Oleiros Oleiros Oleiros Oleiros Oleiros

Navegação

Pesquisa no Site

Sugestões:

 
Fechar [x]

Risco de incêndio

10080187

Visitantes

Notícias Arquivo de Notícias

Agenda Cultural de Oleiros destacada mundialmente pelo Trilho Internacional dos Apalaches

Por Município de Oleiros em 16 de Abril de 2014

Agenda Cultural de Oleiros destacada mundialmente pelo Trilho Internacional dos Apalaches

O website oficial do Trilho Internacional dos Apalaches, sob as siglas SIA (Sentier International des Appalaches) e IAT (International Appalachian Trail), assim como a página de facebook desta organização estão a dar destaque mundial à Agenda Cultural do Município de Oleiros, cujo tema de capa da última edição é precisamente o Trilho Português, mais precisamente, de Oleiros.

A Agenda Municipal  fala da Grande Rota Muradal-Pangeia, um percurso de cerca de 30 Km, todo ele no concelho de Oleiros e que constitui o Trilho Português daquele que é considerado o mais famoso percurso pedestre do mundo. A valorização do património da Serra do Muradal e das freguesias envolventes é abordada nas vertentes: geológica, arqueológica, paisagística, botânica e cultural. A publicação municipal aborda ainda o valor geoestratégico daquela serra quartzítica do concelho de Oleiros e apresenta o texto “O Castro do Picoto, um sítio arqueológico proeminente”, da autoria de João Caninas e Francisco Henriques, da Associação de Estudos do Alto Tejo.

Ler mais

Rota do Callum reúne uma centena de participantes

Por Município de Oleiros em 15 de Abril de 2014

No dia seguinte à realização das Jornadas do Vinho Callum em Oleiros e no âmbito do Ano Internacional da Agricultura Familiar, realizou-se no passado dia 13 de abril (domingo) a sétima Rota temática definida pela associação Pinhal Total. A iniciativa integrou o VI Festival do Cabrito Estonado e do Maranho, o qual se iniciou no passado fim-de-semana e continuará no próximo (dias 19 e 20 de abril), em 7 restaurantes aderentes do concelho.

Ao todo, esta iniciativa reuniu cerca de 100 participantes, que pelas 9h30 já estavam a iniciar este passeio pedestre dedicado à casta Callum, uma histórica casta, genuína de Oleiros e que resistiu à filoxera. Os caminheiros receberam um brinde (um boné) e para além das águas oferecidas durante o percurso, no final puderam retemperar as suas forças com uma reconfortante sopa.




O itinerário escolhido para este passeio teve como ponto de início e final o Jardim Municipal e passou por algumas emblemáticas fontes e pela idílica Ribeira de Oleiros. Como não poderia deixar de ser, o percurso contemplou a passagem por alguns exemplares destas seculares videiras trepadoras que crescem junto à ribeira (nas galerias ripícolas), “em enforcado”, servindo-se das árvores como seus tutores. Esta casta dá origem a “um emocionante vinho que quando provado, remete para uma época medieval, numa altura em que os vinhos, ao contrário de hoje, não levavam qualquer tipo de tratamento. Como todos os vinhos brancos, este era um vinho bebido pelos povos antigos de Oleiros em momentos festivos”.

Ler mais

Geleia de Callum, uma inovação apresentada em Jornadas

Por Município de Oleiros em 14 de Abril de 2014

Geleia de Callum, uma inovação apresentada em Jornadas

Depois da Sangria de Callum, apresentada na penúltima edição da Feira do Pinhal, no stand da Câmara Municipal, o Município de Oleiros promove agora mais uma inovação, associada a este vinho histórico de Oleiros: a Geleia de Callum. Este produto fez enorme sucesso nas Jornadas do Vinho Callum, promovidas por aquele município no passado dia 12 de abril, o dia do arranque do VI Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho, um Festival de começou no passado fim-de-semana e se prolonga até ao próximo (dias 19 e 20 de abril) em 7 restaurantes do concelho.

 

Recorde-se que a Geleia se Callum se insere na categoria das geleias vínicas, neste caso feita a partir de um vinho branco (o Callum) e apresenta um aspeto semitransparente e uma consistência gelatinosa garantida pelas pectinas.

 

Ler mais

Exposição na Junta de Freguesia Oleiros-Amieira

Por Município de Oleiros em 14 de Abril de 2014

Exposição na Junta de Freguesia Oleiros-Amieira

Está patente ao público, até ao final do mês, a exposição de trabalhos decorrentes do curso de pintura lecionado naquela autarquia pela artesã local Rosa Afonso. Os trabalhos exibidos são da autoria das próprias formandas.

Durante estes dias, no Jardim Municipal, estão também expostos os 19 espantalhos que integraram o concurso de espantalhos "Trajes do Mundo Rural" promovido pelo Município de Oleiros em alusão ao Ano Internacional da Agricultura Familiar.

Ler mais

Atividade “3 dias Bombeiro” atrai futuros bombeiros de Oleiros

Por Município de Oleiros em 14 de Abril de 2014

Atividade “3 dias Bombeiro” atrai futuros bombeiros de Oleiros

O Núcleo da Juvebombeiro da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros realizou pelo segundo ano consecutivo e com grande sucesso, a atividade “3 Dias Bombeiro”. Apoiada pelo Município de Oleiros, Junta de Freguesia Oleiros-Amieira, Pirotecnia Oleirense e demais entidades, a iniciativa decorreu entre os dias 10 e 12 de abril e teve honras de destaque na RTP 1, no Programa Portugal no Coração, num direto realizado na véspera do seu início que pretendeu promover a atividade.

A iniciativa destinada aos jovens entre os 10 e os 16 anos, teve como objetivo principal a angariação de novos elementos num futuro próximo, ao mesmo tempo que pretendeu “incutir o valor do voluntariado nos bombeiros, bem como o gosto pelo seu trabalho, de forma a enraizar o desejo de entrar na Escola de Estagiários, assim que atinjam a idade de admissão”. Durante os 3 dias, os 25 participantes “viveram o dia-a-dia no quartel dos BVO, podendo conhecer as instalações, as viaturas (e a sua utilização em função da ocorrência com que os Soldados da Paz se deparam) e o respetivo equipamento”.

No que se refere aos incêndios florestais, os futuros bombeiros aprenderam a preparar linhas de água para combate a incêndio, assim como praticaram a extinção de um foco de incêndio utilizando um extintor. Em outras áreas, os jovens tiveram a oportunidade de praticar o algoritmo de Suporte Básico de Vida, “aprendendo a identificar uma vítima em paragem cardiorrespiratória e a verificar que com o simples gesto de efetuar uma chamada para o 112, podem vir a salvar uma vida”. Os participantes puderam ainda praticar a realização de corretas compressões torácicas e a colocação da vítima em posição lateral de segurança, mediante a situação em que se podem deparar.

A iniciativa da Juvebombeiro de Oleiros incluiu ainda uma caminhada por diferentes percursos, onde foi colocado à prova tudo o que apreenderam durante esta sua primeira abordagem à vida de bombeiro e no final, houve ainda lugar para uma cerimónia de encerramento, na qual os participantes puderam demonstrar ao público todas as suas apetências.

Ler mais

Vinho Callum, um emocionante vinho histórico

Por Município de Oleiros em 14 de Abril de 2014

Vinho Callum, um emocionante vinho histórico

O arranque do VI Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho ficou marcado pela realização das Jornadas do Vinho Callum, uma iniciativa que reuniu vários especialistas em torno do assunto e que conseguiu congregar aspetos tão díspares como os dados da produção no concelho, a história da casta, aspetos organoléticos do vinho, estratégias para a valorização e promoção deste produto endógeno e até mesmo uma estratégia de branding.

 

Na ocasião foi referido que este é um vinho genuíno do território, sendo biológico na sua essência e podendo também ser caracterizado como: histórico, um arcaísmo vitivinícola e segundo o Professor Virgílio Loureiro “um tesouro antropológico”. Segundo o próprio, a sua degustação “é uma emoção” e remete-nos para uma época medieval, numa altura em que os vinhos, ao contrário de hoje, não levavam qualquer tipo de tratamento. “Como todos os vinhos brancos, este era um vinho bebido pelos povos antigos de Oleiros em momentos festivos”.

 

 

Esta casta tem como vantagens o facto de ter resistido à filoxera e de originar produções bastante significativas (foi referido que uma videira pode originar 200 litros de vinho). Hoje ainda persistem alguns notáveis exemplares seculares, de origem pré-filoxérica, os mais frequentes junto às linhas de água (na sua galeria ripícola), trepando sobre tutores vivos (videiras em “enforcado”). Por seu lado, o vinho que esta casta origina deve ser apreciado in loco, preferencialmente nas típicas adegas em xisto que existem no território, algumas das quais ainda exibem os seus ancestrais lagares de vara.

 

As Jornadas contaram com a presença de alguns produtores que gentilmente se disponibilizaram a trazer algumas amostras do seu vinho, proporcionando um momento de degustação bastante pedagógico para todos os participantes. Este é, sem dúvida, um produto genuíno e a preservar, o qual começa a ser reconhecido pela sua autenticidade e pela história e emoção que encerra.

 

Segundo os especialistas, “antes de ser degustado, o vinho Callum deve ser entendido por quem o prova. É fundamental perceber a história, de muitos séculos, que este tem para contar e que nos remonta a ocupações muito antigas do território”.

Ler mais

Celebração do 40.º aniversário do 25 de abril em Oleiros

Por Município de Oleiros em 14 de Abril de 2014

Celebração do 40.º aniversário do 25 de abril em Oleiros

O Município de Oleiros vai levar a efeito, no próximo 25 de abril, as comemorações oficiais do 40.º Aniversário da Revolução dos Cravos. O programa inicia-se pelas 14H30, com duas atividades destinadas às crianças e jovens do concelho. Assim, na Casa da Cultura de Oleiros irá ocorrer o atelier “Cravos de Abril” e no seu auditório irá passar o filme “Capitães de Abril”, de Maria de Medeiros.

 

O palco dos acontecimentos deste dia ficará instalado na Praça da República, em Oleiros, local onde pelas 18H00 se iniciará a Marcha da Liberdade, destinada a todos quantos se queiram associar. As celebrações oficiais terão início pelas 20H00 com o desfile da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Oleiros e o hastear da bandeira nacional, no edifício da Casa da Cultura (antiga Câmara Municipal).

 

Seguem-se depois os discursos oficiais, um momento de poesia por um aluno do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade e os testemunhos de vivências, na primeira pessoa, por parte de Ex-Combatentes naturais do concelho. As comemorações finalizam com a atuação do grupo “Os Amigos do Artur”, pelas 22H00, a qual terá lugar no palco onde ocorreram todas as celebrações, na Praça da República que nesse dia estará vedada ao trânsito.

 

Ler mais

Páginas: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 | 255 | 256 | 257 | 258 | 259 | 260 | 261 | 262 | 263 | 264 | 265 | 266 | 267 | 268 | 269 | 270 | 271 | 272 | 273 | 274 | 275 | 276 | 277 | 278 | 279 | 280 | 281 | 282 | 283 | 284 | 285 | 286 | 287 | 288 | 289 | 290 | 291 | 292 | 293 | 294 | 295 | 296 | 297 | 298 | 299 | 300 | 301 | 302 | 303 | 304 | 305 | 306 | 307 | 308 | 309 | 310 | 311 | 312 | 313 | 314 | 315 | 316 | 317 | 318 | 319 | 320 | 321 | 322 | 323 | 324 | 325 | 326 | 327 | 328 | 329 | 330 | 331 | 332 | 333 | 334 | 335 | 336 | 337 | 338 | 339 | 340 | 341 | 342 | 343 | 344 | 345 | 346 | 347 | 348 | 349 | 350 | 351 | 352 | 353 | 354 | 355 | 356 | 357 | 358 | 359 | 360 | 361 | 362 | 363 | 364 | 365 | 366 | 367 | 368 | 369 | 370 | 371 | 372 | 373 | 374 | 375 | 376 | 377 | 378 | 379 | 380 | 381 | 382 | 383 | 384 | 385 | 386 | 387 | 388 | 389 | 390 | 391 | 392 | 393 | 394 | 395 | 396 | 397 | 398 | 399 | 400 | 401 | 402 | 403 | 404 | 405 | 406 | 407 | 408 | 409 | 410 | 411 | 412 | 413 | 414 | 415 | 416 | 417 | 418 | 419 | 420 | 421 | 422 | 423 | 424 | 425 | 426 | 427 | 428 | 429 | 430 | 431 | 432 | 433 | 434 | 435 |

Agenda Cultural

Inquérito

Considera que a Confraria Gastronómica do Cabrito Estonado é uma mais-valia para Oleiros?

Ver Resultados

Newsletter




Home | Notícias | Telefones Úteis | Contactos | Acessos para Oleiros | Mapa do Site | Programação Mensal | Links

© Município de Oleiros 2017 - Desenvolvido por citricweb.pt