Contactos
Oleiros Oleiros Oleiros Oleiros Oleiros Oleiros

Navegação

Pesquisa no Site

Sugestões:

 
Fechar [x]

Risco de incêndio

13149831

Visitantes

Notícias

Homenagem ao Comendador José Santos Marques

Por Município de Oleiros em 16 de Outubro de 2014

Homenagem ao Comendador José Santos Marques

 O Comendador José Santos Marques, presidente da Câmara Municipal de Oleiros por cerca de 28 anos e atual presidente da Assembleia Municipal, foi homenageado no passado dia 14 de outubro, em Oleiros, pela população. O acontecimento reuniu a presença de cerca de 1.200 pessoas que não quiseram deixar de marcar presença naquele acontecimento. O Pavilhão Gimnodesportivo de Oleiros foi pequeno para acolher a multidão de pessoas que quiseram prestar a sua homenagem, entre as quais se encontrava o Primeiro-Ministro, Dr. Pedro Passos Coelho e muitas individualidades regionais e nacionais que também se quiseram associar a este tributo.

A cerimónia, muito bem organizada por uma comissão de criada para o efeito, contou com a apresentação de um vídeo, dois momentos musicais de excelente qualidade, fase de discursos, apontamento pirotécnico, jantar e lançamento de um livro biográfico. Na ocasião, usaram da palavra Fernando Jorge, na qualidade de Presidente da Câmara Municipal de Oleiros; Victor Antunes, Vice-Presidente da Câmara Municipal, o qual discursou na qualidade de alguém que privou bem de perto com o homenageado, fazendo parte da sua vereação durante doze anos; Pedro Passos Coelho, Primeiro-Ministro que usou da palavra também na qualidade de Presidente do Partido Social Democrata e por último, o homenageado Comendador José Santos Marques.


Numa cerimónia recheada de emoções, o atual Presidente da Câmara Municipal frisou que o Comendador José Santos Marques “ganhou a gratidão de toda a comunidade Oleirense, o respeito e a admiração destas gentes, ao dedicar a vida a uma missão de serviço comunitário”. Em nome dos Oleirenses e de uma forma bastante afirmativa, Victor Antunes recordou José Santos Marques como “a figura” que marcou os destinos do concelho nas últimas décadas.N
os sucessivos mandatos em que o acompanhei, vi nele um exemplo notável de determinação e entrega à causa pública”, disse. O autarca referiu ainda que teve a grata oportunidade de lidar com a sua verticalidade de caráter e integridade humana, associadas a um incansável apego e preocupação com as nossas gentes”. A terminar a sua intervenção, frisou ainda que “rigor e a exigência foram sempre as palavras-chave do seu sucesso (…) contagiava-nos a todos diariamente pela forma como se batia pelos interesses, bem-estar e progresso do território e das suas gentes”.


No uso da palavra, Pedro Passos Coelho enalteceu o trabalho de José Santos Marques, considerado por ele “um símbolo de um lote muito restrito de autarcas portugueses que muitas vezes tiveram de fazer obra no lugar do governo e sem deixar responsabilidades para os que vieram a seguir”. O governante referiu ainda que “se houvesse muitos “José Marques” o país não estaria certamente na situação em que está”. No final da sua intervenção, num tom bastante inspirado e personalizado, Passos Coelho focou ainda a entrega do homenageado à causa pública, realçando que este “ainda tem muito para dar à comunidade”.


Usando da palavra de forma assertiva e com inevitável emoção, José Santos Marques agradeceu a todos os presentes por tão “memorável” reconhecimento. O homenageado não esqueceu todos aqueles que consigo colaboraram nas últimas décadas, “desde funcionários a vereadores, membros da Assembleia Municipal e das várias Juntas de Freguesia. Sem o empenho e dedicação de todos não tínhamos chegado a bom porto”. Em dois dos pontos altos do seu discurso, Santos Marques aproveitou a ocasião para agradecer publicamente à família todo o apoio ao longo dos anos e lembrou factos relevantes como o incêndio de 2003 que segundo o próprio “deixou marcas inesquecíveis e dolorosas em todos nós”.


O Comendador referiu ainda que “hoje podemos
orgulhar-nos de um concelho afirmativo, com qualidade de vida e muito bem apetrechado de infraestruturas, sempre a pensar no bem-estar e na atração e fixação de pessoas. Elas que sempre foram a minha principal prioridade…”. Santos Marques referiu ainda que “numa altura como a que vivemos, é fundamental unir esforços, quebrar preconceitos e não desperdiçar energias. Só assim se consegue garantir uma eficaz coesão e a tão desejada competitividade territorial”.


Num discurso aplaudido de pé, o homenageado concluiu afirmando que “desde 1986, passaram-se 28 anos de entrega total à causa pública e posso dizer-vos que têm sido os mais gratificantes da minha vida” José Santos Marques afirmou ainda que podem continuar a contar consigo, que estará sempre presente e que traz Oleiros no coração.

Voltar

Agenda Cultural

Newsletter




Home | Notícias | Telefones Úteis | Contactos | Acessos para Oleiros | Mapa do Site | Programação Mensal | Links

© Município de Oleiros 2019 - Desenvolvido por citricweb.pt